Esse blog destina-se ao registro de acontecimentos da família Caffé além de coisas do cotidiano, diversão, arte, reflexão, passeios, música e tudo que chamar a nossa atenção.



*-----*-----*-----*-----*-----*-----*-----*-----*-----*-----*


domingo, 24 de janeiro de 2010

COMPARTILHANDO...




Compartilhamos com vocês este lindo texto enviado por Gabriela Caffé:




"Apesar de ser o grande tema de livros, poesias e depressões o amor não pode ser discutido.

Pra ele não existem especialistas. Não depende de vivências e casos passados. Para o amor não existe imunidade.

Durante toda a história da humanidade busca-se tal fórmula. Não seria pra menos, já que somente ele teve a força necessária para destruir reinados e formular guerras.

Uma fórmula capaz de curar corações quebrados e de trazer os pés de volta ao chão. A retomada da razão.

O amor é antagônico. O amor não tem posição. É um sentimento incapaz de carregar preconceitos.

Mas mesmo assim o amor não é pra qualquer um. Ele sempre exigiu corações abertos e doação.

Amor depende de entrega. Poderia ser aquela entrega a domicílio, onde o par perfeito era entregue na porta de casa com um laço vermelho na cabeça.

Para outros casos, os de urgência e solidão, uma entrega express.

E se o amor conseguisse ser um pouco superficial, ele estaria ali, na esquina para locação. "Os lançamentos deverão ser entregues em 24 horas."

Porém nada é tão simples. E eu agradeço por não ser. Agradeças tu também por, lá no fundo, ter a certeza de que o amor ainda é um sentimento muito nobre.
E sinceramente, procure perceber, é ele quem evita o fim dos dias.

O amor de todas as áreas é expresso nas menores causas.
Eu deixei que ele me envolvesse..."

2 comentários:

nina caffe disse...

Muito lindo esse texto!!!

Gabriela disse...

lindo mesmo.. mandarei outros!
bjos